HThe
Hm

Notícias na Florêncio de Abreu

Listando: 1 à 5 de 1317
Saiba seus direitos na hora de comprar na Black Friday

A data pode trazer muitos descontos, mas também muita dor de cabeça; saiba seus direitos e não passe perrengue na Black Friday

Muitos internautas já estão sonhando com os grandes descontos e promoções com a aproximação da Black Friday, que ocorre no Brasil na próxima sexta-feira (25). Todavia, não são raras as denúncias feitas nesta data de violações de direitos do consumidor por parte das empresas.



Black Friday ocorre na próxima sexta-feira (25)
Foto: fdr

Para evitar esse tipo de situação, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) define uma série de direitos do consumidor para o ano todo – e não só no dia de descontos. Saiba quais são os seus direitos garantidos por lei e aproveite o melhor da Black Friday:

Direito à compra
Por mais que pareça óbvio, o CDC garante o direito à compra quando há disponibilidade de produto na loja. O fornecedor é proibido, por lei, de não dar “atendimento às demandas dos consumidores, na exata medida de suas disponibilidades de estoque, e, ainda, de conformidade com os usos e costumes”.

Além disso, o CDC afirma em seu 39º artigo ser proibido “recusar a venda de bens ou a prestação de serviços, diretamente a quem se disponha a adquiri-los mediante pronto pagamento, ressalvados os casos de intermediação regulados em leis especiais”.

Direito ao arrependimento
O artigo 49 do mesmo código diz que o cliente tem direito a se arrepender de uma compra:

“O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de sete dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio”.

No caso, os valores eventualmente pagos durante o prazo de reflexão do consumidor sobre a compra devem ser devolvidos de imediato.


A legislação brasileira garante uma série de direitos ao consumidor (Imagem: Reprodução/Anna Shvets/Pexels)
Foto: Canaltech

Proibição de venda casada
O artigo 39 do CDC também proíbe “condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos” — ou, em outras palavras, a chamada “venda casada”, quando um vendedor só permite a venda de um produto se o consumidor também adquirir outro.

Direito ao valor mais baixo da etiqueta
O código do consumidor também estabelece que, se o consumidor observar dois preços diferentes em etiquetas do mesmo produto, ele tem direito a pagar pelo preço mais baixo. Isso também vale se, ao chegar no caixa de uma loja, o preço cobrado é diferente da etiqueta.

Direito à troca
O CDC também respalda o público na hora de trocar itens. O artigo 12 do código define que o vendedor responde pela reparação de danos causados pelos consumidores por defeitos nos produtos:

“O fabricante, o produtor, o construtor, nacional ou estrangeiro, e o importador respondem, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos decorrentes de projeto, fabricação, construção, montagem, fórmulas, manipulação, apresentação ou acondicionamento de seus produtos, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua utilização e riscos”.

Já o artigo 26 da lei afirma que o consumidor pode reclamar de problemas que possam aparecer em até 30 dias, no caso de produtos não duráveis. Para produtos duráveis, o prazo sobe para 90 dias.

(Fonte: Laura Intrieri - Redação Byte) - 29/11/2022
Meteorito de 15 toneladas contém minerais nunca vistos na Terra

Dois novos minerais foram encontrados em uma amostra do meteorito El Ali, identificado na Somália. A rocha espacial talvez tenha ainda um 3º novo mineral

Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Alberta, no Canadá, analisou uma amostra do meteorito "El Ali", a qual revelou pelo menos dois minerais nunca encontrados na Terra. O meteorito foi encontrado na Somália e pesa 15 toneladas, sendo considerado o nono maior meteorito conhecido.

O meteorito foi identificado em 2020, mas os moradores locais afirmam que a rocha espacial já era conhecida por várias gerações, que a descreveram em suas músicas e poemas. Já o nome dele é uma referência ao local onde foi encontrado, próximo da cidade El Ali.

Para o estudo, os pesquisadores trabalharam com uma fatia de 70 g. Os novos minerais encontrados nela foram chamados "elaliita", nome inspirado no próprio meteorito, e "elkinstantonita", como uma homenagem a Lindy Elkins-Tanton, principal investigadora da futura missão Psyche, e para destacar também suas descobertas e estudos sobre a formação dos núcleos dos planetas.


Amostra do meteorito El Ali (Imagem: Reprodução/University of Alberta)
Foto: Canaltech

Além destes, há ainda um possível terceiro mineral em análise. "Sempre que você encontra um novo mineral, significa que as condições geológicas reais, a química da rocha, eram diferentes de como estavam antes", disse Chris Herd, professor no departamento de Ciências Atmosféricas e da Terra, na universidade.

As descobertas são resultado de análises lideradas por Herd, que estava classificando a rocha e percebeu alguns minerais curiosos. Então, ele decidiu entrar em contato com Andrew Locock, diretor de um laboratório na universidade, para investigar. "No primeiro dia que fez algumas análises, ele disse você tem pelo menos dois novos minerais aqui, recordou.

A descoberta é impressionante porque, normalmente, a identificação de apenas um novo mineral exige um longo trabalho. Além disso, minerais similares àqueles na rocha já foram sintetizados em laboratório, mas nunca foram encontrados na natureza. Assim, Herd acredita que a descoberta pode ajudar os pesquisadores a entender como o "laboratório da natureza" funciona, e que talvez tenham aplicações ainda desconhecidas.

As descobertas foram apresentadas durante o Simpósio de Exploração Espacial.

(Fonte: Danielle Cassita) - 29/11/2022
Investidores apostam em queda de preço de criptomoedas com piora na confiança, diz CoinShares

Investidores institucionais estão correndo para produtos de criptomoedas que apostam em queda nos preços, com fluxos de recursos para estes investimentos em nível recorde após o colapso da corretora FTX, segundo levantamento semanal da gestora de ativos digitais CoinShares, divulgado nesta segunda-feria.

Produtos e fundos "cripto" viram fluxos de entrada de 44 milhões de dólares na semana encerrada em 18 de novembro, mas 75% desse fluxo representa investimentos em posições vendidas, "short", que apostam na queda nos preços, segundo os dados.

O total de ativos sob gestão despencou para 22 bilhões de dólares, o menor em dois anos, segundo a CoinShares.

A FTX fez um pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos há mais de uma semana, no caso mais importante até agora de colapso no setor. A queda da FTX veio depois que operadores sacaram 6 bilhões de dólares da plataforma em três dias e a rival Binance decidiu abandonar um acordo de resgate da empresa.

Na semana passada, o executivo contratado pela recuperação judicial para comandar a FTX, John Ray, divulgou os primeiros dados de suas descobertas, As informações envolvem transferências impróprias de recursos e contabilidade frágil. Ele descreveu a FTX como um "fracasso completo" de controles.

"Mesmo para os historiadores de fraudes corporativas, o tamanho e a audácia dos atos na FTX desafiam a imaginação", disse Matt Weller, diretor global de pesquisa de mercados da FOREX.com e City Index.

Ele acrescentou, referindo-se ao ex presidente-executivo da FTX, Sam Bankman-Fried, "para operadores e investidores, cada palavra que sai da boca de SBF neste momento aumenta a probabilidade de regulações mais duras no mercado de cripto, tanto nos Estados Unidos quanto em outros países, e os preços dos tokens provavelmente vão continuar sob pressão enquanto houver temores sobre a chegada do martelo regulatório sobre o setor".

Em uma conversa a um repórter da Vox publicada na semana passada, Bankman-Fried culpou o colapso da FTX em parte à "contabilidade bagunçada" e expressou arrependimento sobre sua decisão de pedir recuperação judicial. Ele ainda denegriu reguladores dos EUA em termos de baixo calão. Mais tarde, ele disse que não pretendia que a conversa fosse tornada pública.

Os dados da CoinShares mostram também que o bitcoin registrou fluxos de entrada de 14 milhões de dólares, mas quando se considera os fluxos em posições vendidas, a entrada de recursos na moeda digital é negativa em 4,3 milhões de dólares.

Houve pequenas saídas na rede Ethereum, de 800 mil dólares. Investidores fizeram apostas recordes em posições vendidas sobre produtos atrelados ao Ethereum, da ordem também de 14 milhões de dólares.

Os dados indicam que uma série de outras "altcoins" também viram saídas de capital de investidores, principalmente Solana, XRP, Binance e Polygon.

(Fonte: Gertrude Chavez-Dreyfuss Reuters) - 21/11/2022
Streaming da Fifa transmite jogos de graça; veja como assistir

O streaming é mais uma das diversas formas de assistir aos jogos da Copa do Mundo de forma totalmente gratuita



Fifa lançou o próprio serviço de streaming
Foto: FIFA

São diversas as formas de assistir aos jogos da Copa do Mundo no Catar de forma totalmente gratuita. Uma delas é pelo Fifa+ (Fifa Plus), plataforma de streaming oficial da Fifa, entidade que organiza o torneio.

Para acessar as pertidas pelo Fifa Plus, basta entrar no site do streaming e clicar no banner do jogo que está acontecendo naquele momento. Um player de vídeo será aberto e pronto: agora, é só relaxar e torcer.

No mesmo site, são disponibilizados dados em tempo real sobre cada partida, como distância percorrida pelos jogadores, melhores momentos e estatísticas diversas de ataque e defesa dos oponentes. O torcedor também encontra blogs e outros conteúdos sobre a Copa produzidos pela entidade.


Estatísticas em tempo real coletadas durante o jogo entre o Catar e o Equador.
Foto: Terra Byte

O serviço transmitiu, no domingo (20), o jogo de abertura do torneio, no qual o Equador venceu o Catar por 2 a 0. Nesta segunda-feira, a Inglaterra venceu o Irã por 6 a 2, a Holanda bateu o Senegal por 2 a 0 e os Estados Unidos enfrentam o País de Gales às 16h.

A iniciativa da Fifa se soma a outras formas oficiais de assistir aos jogos em paralelo à clássica televisão. Na edição deste ano, também é possível aproveitar a Copa na companhia do streamer Casimiro, em seus canais do YouTube e na Twitch.

Além disso, é possível acompanhar as partidas de forma gratuita pelo Globoplay. A exigência de assinatura pelo serviço só é para quem deseja assistir os jogos em qualidade 4K.

Para os que preferem a TV, os direitos de transmissão da Copa serão todos da Globo, que irá transmitir 56 partidas na TV aberta e todos os 64 jogos do campeonato por meio dos canais SporTV, que funcionam por assinatura.

(Fonte: Laura Intrieri Redação Byte) - 21/11/2022
Mega-Sena acumula, e prêmio chega a R$77 milhões; veja as dezenas sorteadas

Confira o resultado do concurso 2.529, realizado neste sábado, 15

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas neste sábado, 15, e o prêmio acumulou para R$ 77 milhões. Veja as dezenas sorteadas:

03 - 05 - 32 - 56 - 57 - 59

Oitenta e quatro apostas acertaram os cinco números sorteados e ganharam R$ 43.914,37 cada uma. Outras 5.632 apostas acertaram quatro números e faturaram R$ 935,67 cada.


Mega-Sena
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O próximo sorteio da Mega-Sena será na terça-feira, 18.

Apostas
Apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), de segunda a sábado, em qualquer casa lotérica do País. Também é possível apostar pela internet, no site da Caixa Econômica Federal.

Sorteios
Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados. Em semanas especiais, ocorrem três sorteios, às terças, às quintas e aos sábados. A aposta mínima, de seis números, custa R$ 4,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do País.

(Fonte: Redação Terra) - 18/10/2022
Listando: 5 de 1317

Anuncie

Sobre o Portal da Florêncio de Abreu

O Portal da Florêncio de Abreu foi lançado em 01 de janeiro de 2002, tendo como objetivo principal a divulgação de empresas e produtos comercializados na região da rua Florêncio de Abreu no centro da cidade de São Paulo, focando-se principalmente em produtos voltados para a área de ferramentas e ferragens.